O Governo de São Paulo anunciou que, segundo os primeiros resultados dos estudos clínicos feitos no país, a vacina Coronavac, que está sendo produzida pelo Insituto Butantan e a empresa chinesa Sinovac, teve o melhor perfil de segurança até o momento.

Os resultados, de acordo com o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, mostraram que a Coronavac é a vacina contra a Covid-19 mais segura em desenvolvimento. “Os voluntários brasileiros tiveram apenas reações adversas leves”, afirmou Covas durante a coletiva desta segunda-feira. No entanto, a eficácia do imunizante ainda deve ser comprovada até dezembro. Entre esses voluntários, com idade entre 18 e 59 anos, apenas 35% tiveram reações como dor no local da aplicação ou dor de cabeça. Não houve qualquer registro de efeito colateral grave durante a testagem.

Os estudos clínicos feitos no Brasil, incialmente com 9 mil pessoas, devem ser ampliados para 13 mil voluntários em 16 centros de sete estados, conforme autorizou a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O Instituto Butantan garante ter capacidade de produzir e fornecer vacina para programa nacional de imunização. No total, 46 milhões de doses da vacina entraram em negociação com o Ministério da Saúde, seis milhões de doses que já vieram prontas da China e outras 40 milhões a serem produzidas em São Paulo, ainda este mês.


Rádio Guaíba

Foto: Governo do Estado de São Paulo / Divulgação / CP